Carta às chapas concorrentes à ASFOC-SN

Dentre os diversos ataques aos direitos que população brasileira vem vivendo nos últimos anos, que se acentuaram gravemente no pós-golpe, a educação, a saúde e a ciência e tecnologia, áreas onde a Fiocruz tem bastante relevância nacional, são exemplos importantes desse cenário.
A APG-Fiocruz entende a importância histórica da luta sindical e da unificação com as lutas dos estudantes, agora mais do que nunca, nesse contexto de severos ataques aos direitos dos trabalhadores e ao futuro dos estudantes e da democracia.
Considerando que a Fiocruz possui um grande contingente de estudantes de pós-graduação, entre cursos de especialização, residência, mestrados e doutorados, representando uma parcela importante das pesquisas em saúde, nós da APG Fiocruz-RJ temos o entendimento que a participação estudantil nos processos democráticos e decisórios da instituição são fundamentais.
Neste contexto de muitos ataques é de suma importância a unificação das lutas entre a comunidade da Fiocruz. Por isso, enquanto APG Fiocruz, defendemos uma construção conjunta das duas entidades.
Tão importante quanto a atuação em conjunto da APG e da ASFOC-SN é a articulação de toda a comunidade da Fiocruz na construção de uma instituição mais democrática, participativa e que de resposta às demandas de saúde da população brasileira, como prevê a própria organização do SUS. Para nós, significa lutar contra todas as formas de precarização da vida, a começar pelos trabalhadores que possuem vínculos precarizados com a instituição como bolsistas e terceirizados. Propomos uma assembleia comunitária permanente com participação de todos os segmentos que compõem a Fiocruz – estudantes, bolsistas, terceirizados, servidores, moradores de Manguinhos e da Maré.
A APG Fiocruz-RJ, reafirma seu compromisso com o processo democrático que deve perpassar todos os níveis de atuação de uma instituição de estado.

Reconhecemos no papel histórico da ASFOC-SN na luta pelo SUS o nosso compromisso fundamental. Em tempos de ataques a democracia, conduzir processos democráticos é ato de luta e de fortalecimento das nossas instituições.

Nesse sentido, valorizamos também o processo de construção do VIII Congresso Interno da Fiocruz e convidamos as chapas candidatas a apoiarem a tese defendida pelo coletivo de estudantes, intitulada “Assistência estudantil e inclusão”.
A APG Fiocruz/RJ ressalta seu comprometimento com os processos democráticos, entendendo que individualmente seus membros possuem autonomia de manifestação e não declara apoio a nenhuma chapa.
Associação de Pós Graduandos – Fiocruz-RJ

Rio de Janeiro, 18 de novembro de 2017

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s